fale conosco

ouvidoria

ifsc alunos

acesso informacao

moodle

Home Notícias Projeto capacita alunos das escolas públicas de Canoinhas para a Olimpíada Brasileira de Informática
Projeto capacita alunos das escolas públicas de Canoinhas para a Olimpíada Brasileira de Informática PDF Imprimir E-mail
Qui, 28 de Junho de 2018 17:54

Os alunos dos nonos anos das escolas públicas João José de Souza Cabral e Sagrado Coração de Jesus, de Canoinhas, receberam um estímulo a mais para participar da Olimpíada Brasileira de Informática (OBI): oficinas preparatórias desenvolvidas especialmente para eles pelos estudantes do 5º módulo do curso superior de tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, que também são responsáveis pelo cadastramento dos alunos no sistema da OBI e impressão, aplicação e correção das provas.

 

As oficinas do projeto “Alunos como extensionistas do curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas” começaram em abril e são desenvolvidas aos sábados, das 9h30 às 11h30. Neste período, já aconteceram duas fases da OBI na modalidade “iniciação”. No dia 11 de maio, todos os 21 alunos participaram da etapa municipal. Atendendo ao regulamento da competição, 30% passaram para a segunda fase, de âmbito estadual, realizada no dia 14 de junho. Agora, os sete aguardam o resultado para ver quem passa para a fase nacional, em 8 de agosto. Mas, independente dos resultados até agora, todo grupo continua participando das oficinas.

 

Entre os participantes da segunda fase, estão Thiago Gogola Milagres e Taina Aparecida Nogath, ambos de 14 anos. Thiago estuda na escola Sagrado Coração de Jesus e ficou entusiasmado com o projeto. “Estou gostando muito das aulas. O IFSC tem uma ótima estrutura para esses projetos”, diz o estudante.

 

Ele gosta especialmente de programação e, agora, espera novos projetos do IFSC nesta área para continuar estudando. “É uma área que tem muito a crescer”, complementa.

 

Taina, que ainda não conhecia os projetos do IFSC, começou a frequentar as oficinas para ter um conhecimento maior sobre informática e descobriu que as aulas estão sendo bem mais úteis do que ela pensou inicialmente. “Está legal e aprendi muita coisa nova que me ajuda na escola, principalmente nas aulas de matemática”, conta Taina, que estuda na escola João José de Souza Cabral.

 

As oficinas também têm como público-alvo os próprios alunos do curso superior de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, que participam da OBI na modalidade “programação”, destinada a alunos da área.

 

Objetivo maior

 

Mas não é só para incentivar a participação na olimpíada e possibilitar o surgimento de novos talentos que servem as oficinas. Conforme o coordenador do projeto, professor Jefferson Treml, o trabalho também quer mostrar que a ciência e a tecnologia da informação estão presentes no dia a dia, valorizar os profissionais da área e divulgar os cursos do IFSC no Câmpus Canoinhas, especialmente o superior de Análise e Desenvolvimento de Sistemas e o técnico em Manutenção e Suporte em Informática.

 

“O projeto foi proposto na unidade curricular de Empreendedorismo, como uma forma de trabalhar o perfil empreendedor nas dimensões de autonomia e autocontrole, criatividade, liderança, comprometimento, realização, redes de contatos e estabelecimento de metas”, explica o professor.

 

Por Liane Dani | Jornalista do IFSC

 
Para visualizar PDF você precisa do Adobe Reader: Clique aqui para baixar.